Fotografia (parte 021) Catchlight

Catchlight é a junção das palavras capturar (catch) e luz (light). É usado na fotografia para descrever a luz “capturada” (ou refletida) pelos olhos. De forma poética, catchlights são como luzes nos olhos da pessoa retratada, as quais capturam a atenção do observador daquela imagem.
O domínio desta técnica envolve controle de fontes de luz para controlar tamanho, posição, forma e intensidade deste efeito lindo.

Hoje aprenderemos a ver catlights e entender a base dessa proposta e como ela pode aprimorar a aparência dos nossos retratos.

Um detalhe interessante, antes de falarmos mais, está numa outra dica: Já notou como os cabelos descem e cobrem o ombro, então, a intenção ali é cobrir as linhas do pescoço em função do giro de cabeça. Linhas de pescoço em giro não são muito apreciadas. Além do mais, os cabelos são um símbolo de feminilidade... no caso dela, estes fios combinam com a franja.

Linda fotografia... cores combinando, clima “aquecido” pelos amarelos e laranjas, contraste marcante. Mas o que importa para a gente são os reflexos nos olhos ou catchlights.

Quando resolvemos imprimir retratos em tamanhos grandes, dependendo da ampliação, pode ocorrer algo indejado. Se reparar bem, verá que o fotógrafo e o assistente estão refletidos logo abaixo os catchlights... esse é um bom motivo para usar lente que te permita estar bem distante da pessoa retratada. ;)

APELO EMOCIONAL
Quem viu a animação Gato de Botas ou Shrek? Lembram de quando o canto arregala os olhos e um brilho surge com o propósito de comover a outra parte? Então... ali temos duas técnicas (catchlights e hollywood eyes). Comentei somente para que entenda que catchlights tem um apelo emocional que pode enobrecer ou empobrecer, criar tensão ou relaxamento, alegria ou tristeza e etc.

Veja dois exemplos de chatchlight desfavoráveis. Um gerado por alguma fonte de luz intensa e outro pelo reflexo do céu.


COMO REGISTRAR "CORRETAMENTE"???
Em ambientes de luz controlada, onde o fotógrafo dispõe de sistemas de iluminação e difusão de luz, catchlights podem ter sua forma, intensidade, tamanho e posição bem definidos. Por outro lado, também é possível fazer em condições naturais.

Quando conversar com pessoas em ambientes distintos, passe a observar a luz nos olhos de seus interlocutores. Tudo começa em nós, nunca se esqueça disso!

Pense que você ainda pode moldar estes reflexos com coisas simples... um chapéu.

Se me perguntar o que não gosto na imagem acima, eu diria: A tensão criada pelas duas mãos puxando o chapéu, por outro lado o sorriso contido e os catchlights fazem um contraponto e ditam o ritmo do retrato.

POSIÇÃO
Imaginando um relógio, temos a posição das dez horas e a posição oposta (catorze). Ambas carregam empatia, beleza e atração.

Também podemos usar das posições de correspondem ás nove, onze, doze, treze e quinze. Posições baixas também podem ser usadas, mas isto dependerá daquilo que desejamos transmitir e da direção em que a face da pessoa aponta em relação a lente. Não esqueça da expressão.

Um exemplo alternativo de mistério fortalecido pela luz (que trataremos em outro artigo).

 No exemplo abaixo, o corte (relação entre quadro e pessoa) não me agrada muito. Seria melhor que a menina estivesse um pouco mais para a esquerda, assim o nariz ficaria dividido ao meio. Isto não desemerece o trabalho, pois é um momento forte e interessante.


Gostou deste artigo? Role a tela para baixo, deixe seu comentário ou veja outros itens interessantes.

Antes de usar o conteúdo deste artigo para outros fins, por favor, consulte a nossa política de privacidade e direitos de uso.